'O Corcunda Quaquá' e a cantora Lu Andrade, no 'Bate Papo com Cris Pinho', amanhã

31 maio 2015 |

No  programa “Bate Papo com Cris Pinho” de amanhã, dia 1º de Junho, às 15h, na webTV Geração Z, acervo UOL, está repleto de informação e cultura, sempre pensando em você. 

A apresentadora Cris Pinho recebe o ator Carlos Baldin, que interpreta o vilão Rollo, no espetáculo “O Corcunda Quaquá”, inspirado no clássico de Victor Hugo tem direção e concepção de Ricardo Ripa, é uma peça inclusiva que usa a linguagem de sinais (Libras) na encenação, onde cada cena foi pensada para permitir a compreensão do deficiente auditivo. A Montagem vencedora do Prêmio Zé Renato de Teatro, da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo – aborda com bom humor a aceitação das diferenças. 


Cris conversa, ainda, com a cantora, compositora e violonista mineira, Lu Andrade, que começou a cantar e a dançar ainda na infância. Entre 2002 e 2004 integrou o Rouge, maior grupo do país, além da participação no filme Abracadabra, da Xuxa, e estrear como apresentadora e também no teatro musical. Desde 2012 retornou aos palcos com o show ”O Amor e o Tempo”, apresentando singles de sucesso.


 Não  o “Bate Papo com Cris Pinho” on line, ao vivo, às 15h no www.tvgz.com.br  


Fotos Divulgação

SESI-SP lança livros da 6ª turma do núcleo de Dramaturgia SESI-British Council

28 maio 2015 |

Os autores anunciam a continuidade das atividades do Núcleo e encenam a peça-manifesto no dia 8 de junho, às 20h


A SESI-SP Editora lança no dia 8 de junho, às 20h, no Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, o livro com a compilação dos textos da 6ª Turma do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council. O evento também anuncia a criação do Coletivo Dramaturgia em Movimento, o primeiro formado por alunos que participaram dos encontros e aulas do Núcleo em 2014.
   
Para Monalisa Vasconcelos, autora, atriz e integrante do coletivo, a ideia da criação do coletivo nasceu do desejo de manter e aprofundar pesquisa e prática acerca da criação dramatúrgica. “Somos um grupo polifônico. Nascemos e crescemos na coexistência de vozes muito particulares. E, portanto, no respeito mútuo, capaz de fermentar uma construção coletiva”, completa a autora.
   
No dia do lançamento, o público será convidado a conhecer um pouco mais dessa história com a exibição de um mini documentário, e na estreia da peça-manifesto, montagem inédita assinada por todos os autores do coletivo e dirigida pelos também integrantes, Gabriel Máximo e Luiz Antonio Farina. No elenco estão Ave Terrena, Fernando Aveiro, Monalisa Vasconcelos e Péricles Silveira.
   
“Diferente de um manifesto tradicional, a nossa peça-manifesto reúne ideias que são distintas e até mesmo conflitantes. Por conta disso, a encenação busca um diálogo com essa multiplicidade tanto em termos de linguagem, quanto em termos de estrutura, e até mesmo em termos de níveis de representação”, explica o diretor e autor Luiz Antonio Farina.
   
Logo após a apresentação, os autores receberão os presentes para um coquetel e autografarão os livros.
   
Segundo Alexandra Miamoto, gerente interina de atividades culturais do SESI-SP, a entidade abraçou a iniciativa por considerar fundamental o apoio aos autores e pelo grupo ser fruto do encontro que o Núcleo de Dramaturgia proporcionou em 2014. “Também faz parte de nossa missão investir e incentivar criações artísticas que expressem novas visões de mundo, linguagens e experimentações”, completa.

Sobre o Coletivo Dramaturgia em Movimento

Amarildo Felix, Ave Terrena, Fernando Aveiro, Gabriel Máximo, Luiz Antonio Farina, Marco Keppler, Monalisa Vasconcelos e Péricles Silveira, egressos da sexta turma, formam o Coletivo Dramaturgia em Movimento. O princípio do grupo é a continuação e o aprofundamento da investigação e dos trabalhos acerca da criação em dramaturgia, sua relação texto-cena, bem como o incentivo de sua difusão, por meio da realização de eventos que fortaleçam uma cultura de apreciação do texto teatral no Brasil. O caminho escolhido: interferência, transformação e polifonia.

Sobre o Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council
   
Sob a coordenação de Marici Salomão e assistência de César Augusto, o Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council, criado em 2007, é voltado para a descoberta e formação de novos autores teatrais. O projeto também incentiva a discussão e a reflexão em torno do cenário contemporâneo por meio da experimentação estética, do exercício de técnicas, do estudo de teorias, das leituras comentadas e do intercâmbio com dramaturgos brasileiros e estrangeiros.

Lançamento dos livros da 6ª turma do Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council e do Coletivo Dramaturgia em Movimento
Quando: dia 8 de junho (segunda-feira), às 20h
Onde: Espaço Mezanino do SESI-SP | Centro Cultural Fiesp-Ruth Cardoso – avenida Paulista, 1.313, em frente à estação Trianon-Masp do Metrô
Capacidade: 50 lugares
Recomendação etária: Livre
Entrada franca – Inscrições pelo telefone (11) 3146-7434, de segunda a sexta, das 10h às 17h.
Informações: (11) 3146-7405 / 7406 / 3549-4846

Foto: Divulgação


‘Os miseráveis’ terá única apresentação no Teatro do SESI-SP

27 maio 2015 |

Com direção de Leonardo Cortez, a adaptação do clássico de Victor Hugo será encenada por alunos de teatro com Síndrome de Down do Grupo ADID de Teatro no dia 1º de junho (segunda-feira), às 20h.  A entrada é gratuita.
  
O SESI-SP apresenta, no dia 1º de junho, segunda-feira, às 20h, o espetáculo Os Miseráveis, dirigido por Leonardo Cortez e encenado por alunos de teatro com Síndrome de Down do Grupo ADID de Teatro, que volta ao palco do Teatro do SESI-SP após o sucesso de público em 2013 com a peça A Viagem do Capitão Tornado. 

   
Livremente inspirada no clássico de Victor Hugo (1802-1885), a montagem é resultado da parceria entre o SESI-SP e a Associação para o Desenvolvimento Integral do Down (ADID) – instituição fundada em 1998 por pais de crianças com Síndrome de Down.
   
A apresentação dá início à turnê do grupo no Estado, que vai passar por mais cinco unidades do SESI-SP até dezembro: Rio Claro (6/8), Sorocaba (10/9), São José dos Campos (8/10), Itapetininga (19/11) e Campinas – Amoreiras (6/12).
   
Cortez apresenta sua versão dessa narrativa de origem francesa, de forte cunho social, que conta com elementos de trama policial. Publicado pela primeira vez em 1862, o romance logo se transformou em grande sucesso, percorrendo o mundo e ganhando versões em diversos idiomas.
   
“Os Miseráveis é o espetáculo mais difícil e complexo que o ADID já encenou. É uma peça que reúne todos os elementos do teatro. Eles cantam, dançam e são corajosos e criativos ao encarar este novo desafio”, conta Leonardo Cortez, que trabalha com o Grupo ADID de Teatro há 17 anos.

   
Segundo o diretor, o público familiarizado com o original poderá observar grandes diferenças entre as obras. A adaptação do texto foi feita a partir de improvisações do elenco sobre a estrutura da peça. Surgiram novos personagens e situações, amores improváveis, dramas inéditos e um trabalho musical que incorporou à encenação uma trilha sonora singular. 
   
“O ADID dá uma aula de comprometimento e amizade em cena e o público vibra junto com cada momento de superação do grupo no palco. É um espetáculo único e especial”, finaliza Cortez. 

Sinopse
   
Na França do século 19, o ex-condenado Jean Val Jean luta para reconstruir a sua vida e é perseguido incansavelmente pelo seu algoz, o inspetor Javert. O Grupo ADID de Teatro, formado exclusivamente por alunos de teatro com Síndrome de Down, apresenta sua versão dessa narrativa de origem francesa, de forte cunho social, que conta com elementos de trama policial. Publicado pela primeira vez em 1862, o romance se transformou em um grande sucesso, percorrendo o mundo e ganhando traduções para diversas línguas.

Sobre o Grupo ADID de Teatro
   
O Grupo ADID de Teatro nasceu em 1998, como extensão das aulas de artes cênicas oferecidas pela Associação para o Desenvolvimento Integral do Down. A necessidade de aprofundamento e a acentuada identificação dos alunos com Síndrome de Down com a linguagem teatral justificou a criação do grupo, que desde então vem encenando importantes obras: Romeu e Julieta, em 1998, Cinco Pequenas Histórias em Família, em 1999, O Jornal Falado, em 2000, Muito Barulho por Nada, em 2002, O Mambembe, em 2004, Um Violinista no Telhado, em 2006, A Vida É Sonho, em 2008, Sonho de uma Noite de Verão, em 2010, e A Viagem do Capitão Tornado, em 2012 e 2013. Ao longo de sua trajetória, o Grupo ADID vem conquistando espaço em importantes roteiros culturais. Por meio da parceria com o SESI-SP, iniciada em 2010 e em sua quarta montagem, o ADID tem levado sua arte para diferentes cidades do Estado de São Paulo. 

Ficha técnica:
Autoria: Victor Hugo
Direção e adaptação: Leonardo Cortez 
Elenco: Ana Beatriz Paiva (Javert), Ana Paula Dias (Sra. Ternadier), Antônio Guimarães Aranha (Jeremias), Carolina Puech Dias (Cosette), Daniel Gejer (Jean Val Jean), Diogo Junqueira (Jean Val Jean), Felipe Assunção (Alan), Felipe Linden (Philipe), Flavia Donatelli (Fantini), Guilherme Alonso (Frei Lourenço), Guilherme Campos (Marius), João Simões Júnior (Laffite), Ian Pereira Retz (Ferdinand), Kátia Maçães (Eponine), Luiz Otávio de Almeida (Sr. Ternadier), Marcos Minoru (Governador), Renan Santana (Dr. Jaques) e Rodrigo Botoni (Monsenhor Benvindo) 
Figurino: Glaucia Libertini e Célia Rosali Pereira 
Cenografia: Claudia Gimenes e Kiko Junqueira
Iluminação: André Persant
Músicos convidados: Higor Cataneo e Vanessa Pereira
Assistência de direção: Glaucia Libertini
Produção: Rosane Chiarantano e Vera Simões

Espetáculo Os Miseráveis – com o Grupo ADID de Teatro
Local: Teatro do SESI-SP (avenida Paulista, 1.313 - Cerqueira César)
Data e horário: única apresentação no dia 1º de junho (segunda-feira), às 20h 
Capacidade: 456 lugares 
Gênero: comédia musical/infantojuvenil
Duração: 80 minutos 
Classificação indicativa: livre 
Informações: (11) 3528-2000
Entrada gratuita
Vagas limitadas. As reservas antecipadas são realizadas pelo site www.sesisp.org.br/meu-sesi. Os ingressos remanescentes são distribuídos no dia do evento a partir das 13h.


Fotos: Renato Schulz


Cineclube no Museu da República, no RJ

26 maio 2015 |



Filme “RIO 40 GRAUS”
Sinopse: o filme é um documentário sobre pessoas do Rio de Janeiro e acompanha a vida de cinco garotos de uma favela que, num domingo tipicamente carioca e de sol escaldante, vendem amendoim em Copacabana, no Pão de Açúcar e no Maracanã
Ano: 1955
Duração: 100 min
Gênero: Drama
Direção: Nelson Pereira dos Santos
Produção: Nelson Pereira dos Santos, Mario Barroso, Ciro Freire Cúri, Louis-Henri Guitton e Pedro Kosinski
Roteiro: Nelson Pereira dos Santos e Arnaldo de Farias
Elenco: Modesto de Souza, Roberto Bataglin, Glauce Rocha, Jece Valadão e Sadi Cabral
Exibição do curta “Glauces: Estudos De Um Rosto”, de Joel Pizzini

Debatedores:
Elizabeth Sussekind
Professora de Criminologia da Universidade do Rio de Janeiro, PhD em História Social no Centro de Pesquisas e Documentação e pesquisadora do Museu da República/Ibram.
Joel Pizzini
Cineasta e documentarista brasileiro, recebeu inúmeros prêmios por sua obra. Autor do documentário “Olho nu” no qual retrata a trajetória do cantor Ney Matogrosso.
Ana Paula Alves Ribeiro
Antropóloga, atualmente realiza pesquisa de pós-doutorado “Múltiplas Cidades, representações do Rio de Janeiro no cinema e em outras mídias”, no PPGCS/UFRRJ.
Equipe Responsável:
Elizabeth Abel de Figueiredo, Flávio Leão e Kátia Frecheiras

ENTRADA FRANCA

Dia 28 de maio de 2015
(quinta-feira) às
 18:30h
Local: Espaço Cineclube Cinema e História Sílvio Tendler




Reestreia do espetáculo 'As Mona Lisas', dia 30 de maio, em SP

|


Faz 12 anos que a comédia As Mona Lisas está em cartaz pelo Brasil, e dia 30 de maio, “elas” (as monas) estarão de volta ao palco do Teatro Ruth Escobar, para nova temporada, até 28 de junho.

Com texto de Wilson Coca e direção de Sebastião Apolônio, o público vai se divertir com a história que se passa num apartamento onde vivem três gays super divertidos,Kaká (Eduardo Moreno) um cabeleireiro, Mark (LessandroFagutt) um bancário, e Haroldo (Roberto Taty) um figurinista de TV.

Luiza (Mariana de Góes), vendedora de produtos de beleza, se apaixona por Klaus (Márcio Marinelo), um rapaz que foi criado pelos três gays como filho. O tumulto aumenta quando dona Ravena, mãe de Kaká, que desconhece a homossexualidade do filho, vai visitá-lo.


As Mona Lisas tem, também, uma responsabilidade social: com muito humor, apela para a campanha contra a dengue e contra o preconceito.

Ficha Técnica:
Texto: Wilson Coca; Direção: Sebastião Apolônio; Assistente direção: J.C. Rocco;
Músicas e letras: Wilson Coca; Cenário: Paulo Rollo; Som e luz: Sally Crow.

As Mona Lisas 
Sábado 21h30 e domingo 19h30.
Teatro Ruth Escobar – sala Dina Sfat
Rua dos Ingleses, 209 – Bela Vista – Tel. 3289-2358
Bilheteria de quinta a domingo após 14h.
Em cartaz até 28 de junho
Preço:R$60,00  * ½ R$ 30,00
Serviço de Valet
Ar condicionado
Acesso para portadores de deficiência
Recomendado para maiores de 14 anos
Aceita todos os cartões


Fotos: Divulgação

Lynda Carter... A eterna Mulher Maravilha passeia em Nova York

24 maio 2015 |


A atriz Lynda Carter, aos 61 anos, provou que ainda faz jus ao posto de Mulher Maravilha, super-heroína que interpretou por anos no seriado de televisão da década de 1970. Flagrada fazendo compras em Manhattan, em Nova York, a atriz demonstrou uma boa forma invejável para a sua idade.


A carreira de Lynda como atriz deslanchou após ela ter sido eleita Miss EUA em 1972. Depois do sucesso da Mulher Maravilha, porém, ela enfrentou problemas com o alcoolismo e precisou se internar em uma clínica de reabilitação. Recuperada há 10 anos, a americana hoje dedica-se à música — ela já gravou três discos.


Mas o passado de super-heroína parece ser difícil de esquecer: questionada se ainda guarda em casa a fantasia vermelha e azul, a atriz confessou: “Sim... E eu ainda a visto de vez em quando”.


Fotos: Internet

'Quem Indica o Quê' com Débora Lima

21 maio 2015 |



QUEM? Débora Lima.

OCUPAÇÃO: Auxiliar de escritório.

INDICA O QUÊ? O livro “A história de um milagre” da missionária Bianca Toledo.


SUA OPINIÃO: Quem não acredita em Deus ou em milagres precisa ler esse livro. A Bianca é uma mulher de Deus, cheia de unção. Através da cura que recebeu tem ajudado muitas pessoas. Sua experiência e intimidade com o Espírito Santo têm feito com que muitas pessoas que não conheciam o poder de Deus sejam curadas. Nesse livro contém depoimentos de famílias, amigos, médicos, enfermeiros e demais pessoas que presenciaram todo o processo de cura da Bianca. Vale a pena conferir! É fantástico! 

Foto: Arquivo pessoal de Débora Lima

Pobre de mim...

17 maio 2015 |


Pobre de mim achar que o fim de tudo se resume em penas um levante. Desafios nunca se revelaram sem motivos. E existe uma causa mais forte: testar o grau de garra e encorajamento de um guerreiro. Quantos já desistiram só com o susto que tomaram com uma luta que surgiu. Se esperassem mais um pouquinho... O desfecho poderia ser outro...
            
Pobre de mim considerar que olhares de acusação podem esmorecer o castelo que ergui com tanto esforço e desprendimento. Se, no período da construção, não me contive no investimento e me dei por inteiro, em tempo integral, por que ceder agora por um olhar que nem sei de sua origem?
            
Pobre de mim substituir minha fé por algo natural que só vê o que olhos humanos são capazes de alcançar. Minha esperança me faz entender o que está nos bastidores de cada situação proposta, me faz compreender que o que é nu e patente pode ser uma ilusão, pode ser uma armadilha para uma queda triunfal. Existe mais, existe algo além e a minha fé sempre me orienta... “Analise um pouco mais, viva essa experiência porque vem um futuro deslumbrante e a manifestação desse deslumbre só depende da sua forma de enfrentar esse momento. Espere, conscientemente”.

            
Rico sou quando dou vazão à esta fé que faz de mim alguém melhor, superior a toda oposição. Se vem a escassez, logo um lindo campo surgirá e a chuva, através das minhas lágrimas, regará as sementes que, logo, logo se tornarão em flores distintas e perfumadas, cercadas por árvores frondosas... E, lá no fundo desse campo, crianças brincarão, felizes, apenas para confirmar que ainda vale a pena não se entregar tantos aos problemas e, sim, conservar essa fé que está sempre aqui, mesmo quando muitos me abandonam.

Luciano Huck grava quadro do 'Caldeirão do Huck', em Búzios

16 maio 2015 |


No dia 13 de maio, o apresentador Luciano Huck pousou de helicóptero em Búzios para gravar um quadro do programa “Caldeirão do Huck”, que comanda na Rede Globo. A gravação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Turismo e durou cerca de 4 horas.



Durante a gravação ele se transformou em um motoqueiro, e esteve no bairro da Marina. Já descaracterizado, seguiu para Cem Braças, atraindo um aglomerado de pessoas que queriam ver de perto o artista. No Píer do Centro, ele fez o encerramento do quadro, e atraiu mais olhares curiosos e pessoas que queria fazer uma ‘self’ com o apresentador.




Fotos: Marcelo Dutra

Fafá faz shows no Sesc Pompéia

15 maio 2015 |




Sheislane Hayalla posa para catálogo de grife carioca

|


Sheislane Hayalla continua enchendo os cofrinhos e posou para marca carioca Arte & Companhia, no parque Bosque da Barra, no Rio de Janeiro, para catálogo de moda outono/inverno. A modelo que já foi Miss Brasil Globo e ficou em segundo lugar do Miss Amazônia 2015, sendo conhecida mundialmente pelo o episódio da coroa, teve sua vida mudada e está faturando mais que a primeira colocada. Puro sucesso!


Foto: Daniel Pinheiro 

Lino Corrêa ganha estatueta de artesã

14 maio 2015 |


O ator, jornalista e escritor Lino Corrêa foi homenageado pelo talento da artesã Regina Straub com uma estatueta. Ele foi  fotografado por   Fábio Pamplona  e a escultura será  exibida durante o lançamento do seu livro “Meu Olhar Sobre Elas” ainda esse ano com data que será  previamente   divulgada.  


Lino divide o palco com Deo Garcez, Sérgio Fonta, Luca Machado, Mariana Bassoul, Ângelo de Matos, Gina Teixeira e  Raimundo Alberto  sob direção de Fernando Philbert e Gilberto Gawronski   no espetáculo teatral” O Mercador de Veneza” – um   clássico shakespeariano  que teve adaptação de Ewa Procter e Raimundo Alberto. A equipe está viajando por várias cidades do interior do Estado e  estará sendo apresentada aqui no Rio de Janeiro   no  Vivo Rio (dia 18 de maio), às 18h30min,  numa realização do Conselho Regional de Administração do Rio de Janeiro (CRA-RJ) e o Instituto Chiquinha Gonzaga de atores,  com entrada franca.


Fotos : Fábio Pamplona

Silvio Brito no 'Quem Indica o Quê'

12 maio 2015 |



QUEM? Silvio Brito.

OCUPAÇÃO: Cantor, compositor e apresentador do programa "Silvio Brito em Família" da Rede Vida.

INDICA O QUÊ? Em minha adolescência gostava muito de ler Hermann Hesse, “Narciso e Godmund”. É um livro não muito conhecido no Brasil, mas muito bonito e que nos leva também ao autoconhecimento. Ultimamente, o meu livro de cabeceira é “Como vai a sua mente”, de um filósofo, pesquisador e estudioso da mente humana chamado Dr. Celso Charuri.


SUA OPINIÃO: Os seguidores e admiradores do Dr. Celso Charuri transcreveram alguns de seus textos e comentários, e resultou neste livro pleno de conhecimento tanto teoricamente, como prático. 

Foto: Divulgação

Susana Werner tieta dupla sertaneja do 'The Voice', em Portugal

11 maio 2015 |


A atriz Susana Werner postou, em seu Instagram, uma foto com a dupla sertaneja Vitor e Vanuti – cantores do último “The voice”, no Brasil. A dupla está em turnê pela Europa e estiveram no Benfica – time que Julio Cesar, esposo de Suzana, joga atualmente.


Foto IG: @susanawerner e dupla @vitorevanuti

Guitarrista Nuno Mindelis toca no 7º Bourbon Festival Paraty

|



Antes de participar do 7º Bourbon Festival Paraty, 
Nuno faz show em São Paulo
O guitarrista Nuno Mindelis é reconhecido pela mídia nacional e internacional como o maior nome do seu gênero no país,  único do Brasil perfilado duas vezes pela Bíblia mundial da Guitarra - Guitar Plyer Magazine / EUA e vencedor do 30th Anniversary Guitar Player Competition / EUA. Anunciado recentemente com nomes como Aretha Franklin, Diana Krall, B.B.King e Keith Jarret em importantes festivais.
Após concorridas apresentações no Canadá e nos EUA, Nuno Mindelis retorna ao Brasil para mais uma série de noites de blues e derivados no Bourbon Street Club.

Nuno mostrará neste projeto músicas do seu mais novo álbum Angels & Clowns, produzido e lançado nos EUA pelo lendário músico americano Duke Robillard, assim como um mix de alguns dos seus discos anteriores, gravados com o mitológico grupo Double Trouble, que acompanhou Stevie Ray Vaughan. No repertório, Felling All Right , Green Onions , Rock me Baby e I Know what you Want, entre outras.

O público paulistano poderá conferir a guitarra premiada de Nuno de perto e em boa companhia: os músicos Flavio Naves, hammond e piano; Fred Barley, bateria e Bruno Falcão no baixo, se encarregarão do apoio mágico e vigoroso que o gênero requer.
NUNO MINDELIS
Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP
Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 9h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h
Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h
Data : 20/05/2015- quarta-feira
Horário: 21h30
Abertura da casa: 20h
Duração: 80 min. aproximadamente
Couvert  Artistico: R$ 50,00
Venda também pela  Ingresso Rápido - 11 4003 1212 - www.ingressorapido.com.br
Censura: 18 anos e 16 anos acompanhado de responsável
Capacidade: 450 pessoas
Estacionamento/ Valet: R$ 25,00
Aceita todos os cartões de débito e crédito.
Acesso para deficientes.
Ar condicionado.
Wi-fi – senha na casa

Foto: Vladimir Fernandes