Vicentini Gomez em 'O vendedor de sacis & outras lorotas'

23 setembro 2017 |



Ingressos para a terceira temporada começam a ser vendidos na terça, dia 26/9, em www.ratimbumocastelo.com.br e na bilheteria do Memorial 

Sucesso e líder de público no Brasil em 2017, a exposição Rá-Tim-Bum, O Castelo foi novamente prorrogada e poderá ser visitada até o dia 4 de fevereiro de 2018. O projeto é uma realização da Fundação Memorial da América Latina e do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a TV Cultura e a Caselúdico.

“A decisão de prorrogar mais uma vez a exposição - explica Irineu Ferraz, presidente do Memorial da América Latina – levou em conta o grande número de pedidos que chegam todos os dias por nossas redes sociais. A prorrogação também atende aos interesses de muitos fãs do seriado que moram fora da capital e querem aproveitar a semana do Dia das Crianças e as férias escolares do final de ano para vir a São Paulo”.

A terceira temporada chega com uma novidade. Quem conta é o diretor Felipe Pinheiro. “Teremos um novo cenário dentro da exposição: um grande mural para que as pessoas extravasem suas  emoções, deixem seu autógrafo, façam selfies e, assim, eternizem o momento da visita”.

Público – Embora não haja, no Brasil, dados atualizados em relação à frequência de público em eventos artísticos e museológicos, “Rá-Tim-Bum , o Castelo” está entre as mais visitadas do mundo. De 31 de março, quando foi inaugurada,  até 30 de setembro - fim da primeira prorrogação  -570 mil pessoas terão visitado a exposição. A este número somam-se ainda 20 mil visitas com ingressos gratuitos, cedidos para escolas públicas, além de entidades filantrópicas e assistenciais.

De acordo com levantamento feito a partir de informações da revista britânica The Art Newspaper - que mapeia o público de museus -, esses números colocam o projeto entre os top 5 mais visitados em todo o mundo.

Em 2016, o Memorial da América Latina estabeleceu seu recorde histórico de público, com mais de 2,2 milhões de visitantes. Parcela significativa dessa marca coube ao evento em que o Memorial recriou a Vila do Chaves, em parceria com o SBT, visto por mais de 250 mil fãs do seriado mexicano.

Rá-Tim-Bum, o Castelo – Terceira Temporada
Data: De 01/10/2017 a 04/02/2018
Visitações: Terça a sexta-feira, das 9h às 21h | sábados, domingos e feriados, das 9h às 22h
Ingressos: R$ 20 (meia-entrada, R$ 10,00)
Bilheterias (Vendas a partir de 26/9): Memorial e www.ratimbumocastelo.com.br
Funcionamento da bilheteria do Memorial: terça a sexta-feira, das 9h às 18h | sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h.
Estacionamentos: portões 4, 8 e 15 (pagos)
Recomenda-se transporte público até o Terminal Barra Funda
Acesso: portões 8, 9 e 12
Classificação livre


Foto: Daniela Agostini


Entrega oficial do novo espaço, que está com 93% das obras concluídas, será no dia 15 de dezembro 

O governador Geraldo Alckmin esteve na manhã deste sábado, 23, no Memorial da América Latina, onde vistoriou pela última vez o Auditório Simón Bolívar, que, a 82 dias de sua reinauguração, em 15 de dezembro, está com 93% das obras concluídas.

Alckmin, acompanhado de secretários e parlamentares, reiterou que o espaço agora restaurado será entregue ao público com total acessibilidade, mobilidade e segurança, elevadores e acústica tão funcional quanto à da Sala São Paulo. “E tudo isso obedecendo fielmente ao projeto original de Oscar Niemeyer”.

A nova tapeçaria, que já está no auditório, foi reproduzida pelos arquitetos contratados pela Fundação Memorial da América Latina a partir do desenho original da artista plástica Tomie Ohtake. O minucioso trabalho manual, que já está concluído, foi feito pelos artesãos da empresa Punto e Filo, que doou a obra à Fundação. O painel de 840 m² será instalado até o fim de outubro.

A reta final até a reinauguração inclui detalhes de acabamento, como a instalação das poltronas, adquiridas a partir da captação de recursos via Lei Rouanet pelas empresas: CESP (Companhia Energética de São Paulo), PRODESP (Companhia Processamento de Dados do Estado de São Paulo), SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), CPP (Companhia Paulista de Parcerias) e Imprensa Oficial.

“No dia 15/12, teremos uma grande cerimônia que vai marcar a devolução do auditório ao público e atender todas as esferas culturais”, adianta Felipe Pinheiro, Diretor do Memorial.

Somente em 2016, o Memorial recebeu 2,2 milhões de visitantes. Além do Auditório Simón Bolívar, a Fundação abriga outros espaços e realiza diversas atividades como: shows, eventos esportivos, feiras e exposições, como a mais recente ainda em cartaz, “Rá-Tim-Bum, o Castelo” com quase 600 mil visitantes desde março de 2017, um recorde de público em exposições pagas no país.

“Podemos assegurar que os paulistanos e todos que aqui vierem receberão o novo Auditório Simón Bolívar, projetado por Oscar Niemeyer, mais moderno e equipado com todos os recursos de conforto e segurança”, afirma o presidente da Fundação, Irineu Ferraz. E completa: “Numa ação futura e dentro desta programação, o objetivo é contemplar balés, orquestras, óperas, teatros, exibição de filmes de cinema, shows e grandes musicais. Vamos investir em diversas categorias de artes latino-americanas porque o auditório Simón Bolívar será um espaço multiuso”.


Foto: Divulgação

Feira de gastronomia asiática acontece de 1 a 3 de outubro

|

Em sua terceira edição, Asian & Seafood Show oferece aulas gratuitas com renomados chefs e sedia Copa Best Brasil Sushiman, etapa brasileira da competição mundial World Sushi Cup Japan. 

Asian & Seafood Show – Feira de Pescados e Gastronomia Asiática abre suas portas ao público de 1 a 3 de outubro, no Expo Center Norte (pavilhão amarelo), em São Paulo.
A feira oferece uma série de atrações gratuitas, como as Oficinas de Gastronomia Asiática com renomados chefs- entre eles, Shin Koike (embaixador da Culinária Japonesa no Brasil), Eiji Tomimatsu, Telma Shimizu Shiraishi, Edson Yamashita e Marisa Tiemi.
Na área de exposição, fornecedores de alimentos, temperos e condimentos, embalagens, equipamentos, acessórios, uniformes e decoração apresentam suas novidades ao mercado. Algumas dessas empresas farão venda de produtos em pequenas quantidades para o púbico visitante.
Os visitantes poderão assistir também à final da competição que vai escolher o melhor sushiman do País. O vencedor irá representar o Brasil na World Sushi Cup Japan, no Japão
Na abertura oficial da feira, dia 1º de outubro, Grupo Shinkyo Daiko faz uma apresentação de Taikô, os milenares tambores chineses.

Confira a programação completa:

DIA 1 (DOMINGO)

13h e 15h30
APRESENTAÇÃO TAIKÔ
Grupo Shinkyo Daiko faz duas apresentações com os milenares tambores japoneses, conhecidos como Taikô. As performances do grupo resgatam, preservam e divulgam a cultura japonesa por meio da arte do instrumento de percussão presente na história daquele país há pelo menos 1.500 anos.

13h45 às 18h45
OFICINAS DE GASTRONOMIA ASIÁTICA
Série de aulas-show com renomados chefs e cardápios variados da culinária oriental: Celso Ishiy (sommelier de saquê), Eiji Tomimatsu, Telma Shiraishi (Aizomê), Regina Hwang (Portal da Coreia) e Edson Yamashita.

DIA 2 (SEGUNDA-FEIRA)

10h às 16h20
COPA BRASIL BEST SUSHIMAN
Final do concurso que representa a etapa brasileira oficial da competição mundial World Sushi Cup, realizada anualmente no Japão desde 2013. Os 16 concorrentes irão se apresentar na feira na presença do público e dos jurados e preparar dois tipos de sushi: o tradicional e o criativo. O anúncio dos três finalistas sai às 17h30. O grande campeão vai representar o Brasil na próxima edição do World Sushi Cup, no Japão.

16H30 às 19h30
OFICINAS DE GASTRONOMIA ASIÁTICA
Série de aulas-show com renomados chefs e cardápios variados da culinária oriental: Toshi Kawanami (Restaurante Kinu) e Shin Koike (Sakagura), embaixador da Culinária Japonesa no Brasil.

9h às 17h
WORKSHOP AQUICULTURA CONTINENTAL E MARINHA
Promovido pelo Instituto da Pesca, órgão ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, o encontro é destinado a chefs de cozinhas, donos de restaurantes, aquicultores, investidores e demais interessados.
Evento pago: R$ 120,00 (antecipado) e R$ 150,00 (no dia do evento)

DIA 3 (TERÇA-FEIRA)

13h às 18h
OFICINAS DE GASTRONOMIA ASIÁTICA
Série de aulas-show com renomados chefs e cardápios variados da culinária oriental: Hideko Homna (ceramista), Marisa Tiemi Ono, Eiji Tomimatsu, Danilo Galhardo (Buffet Pérola Del Mare) e Yukontorn Tappabutt (culinária tailandesa).

ASIAN & SEAFOOD SHOW 2017 – 3ª FEIRA DE PESCADOS E GASTRONOMIA ASIÁTICA
DATA: 1 a 3 de outubro de 2017 (domingo a terça-feira)
LOCAL: Expo Center Norte – Pavilhão Amarelo (acesso pela rua Galatea – Portão 8)

EVENTO GRATUITO, CREDENCIAMENTO NO LOCAL

Promoção/Organização: Francal Feiras
Copa Brasil Best Sushiman
Patrocínio Máster: CERMAQ
Copatrocínio: Ajinomoto Food Service, Comitê Umami, JFC Brasil e Kikkoman
Apoio: Sushi Skills Brazil e Quickly Travel
Asian & Seafood Show
Patrocínio: Nestlé Professional / Nestlé CHEF / Nestlé Docello
Colaboração Principal: Aliança Cultural Brasil – Japão
Colaboração Educacional e Institucional: AREGALA – Asociación de Restauradores Gastronómicos de Las Americas y el Mundo; e ABRESI – Associação Brasileira das Entidades e Empresas de Gastronomia, Hospedagem e Turismo
Apoio Institucional: ABGJ – Associação Brasileira de Gastronomia Japonesa; ABRASEL SP – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de São Paulo; APTA – Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios; CODEAGRO – Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios; Indústria da Pesca no Estado no Estado de São Paulo; SIPESP – Sindicato da Instituto de Pesca; Governo do Estado de São Paulo – Secretaria de Agricultura e Abastecimento;
Confederação Oficial: CNTur – Confederação Nacional do Turismo
Apoio Cultural: Consulado Geral do Japão em São Paulo
Associado à: Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil (www.camaradojapao.org.br)
Informações pelo telefone: (11) 2226-3100
Facebook: AsianJapanFoodShow
Twitter: @feiraasianfood




Quarteto de Cordas no Música na Biblioteca

|


Na próxima terça-feira, 26 de setembro, o Quarteto Solaris se apresenta na Biblioteca Latino-Americana, no Memorial da América Latina, dando sequência as atrações do projeto “Música na Biblioteca”.
Formado por alunos de graduação e pós-graduação da Universidade de São Paulo (USP), fazem parte do conjunto Lucas Raulino (violino), Marcus Held (violino), Felipe Galhardi (viola) e Matheus Sousa (violoncelo).
Com um formato tradicional de música de câmara, o grupo busca inovação e excelência em suas performances. No repertório se destacam Beethoven e Mendelssohn.
O Projeto
Com curadoria da maestrina Mônica Giardini, o projeto que já está na terceira temporada oferece ao público paulistano uma programação musical de qualidade, recheada com repertórios eruditos e populares. O valor dos ingressos é R$ 2,00 (meia-entrada, R$ 1) e começam a ser vendidos 1 hora antes na entrada da sala.

Programação completa
Setembro
26 – Quarteto Solaris / quarteto de cordas
Outubro
03 – Quinteto de Sopros a Brasileira / flauta, oboé, clarinete, fagote e trompa
10 – Duo Meirelles e Milling / violoncelo e trombone baixo
17 – Vozearte / coral sob regência do maestro Rodrigo Hyppolito
24 – In’ Diálogos, Clarinete Solo e intervenções Artísticas / espetáculo dirigido por José Luiz Braz
31 – Ensemble de Saxofones de São Paulo e Ars Quarteto de Saxofones
Novembro
07 – Alexandre Vianna Trio / piano, bateria e contrabaixo
14 – Slide Arts Brasil / sexteto de trombones
27 – Spalla Quarteto de Clarinetes
Dezembro
05- Coro da Vila / “Coro da Vila Canta Clube da Esquina – Homenagem a Milton Nascimento”

Música na Biblioteca - Quarteto Solaris  (quarteto de de cordas)
Data: 26 de setembro (terça-feira)
Horário: 19h30
Local: Auditório da Biblioteca – Capacidade para 120  pessoas                                                  
Acesso: Portões 2 e 5
Ingressos: R$ 2,00 (com meia-entrada, R$ 1,00)
Classificação livre

Foto: Divulgação


‘Marcia Peltier Entrevista’ Rodrigo Pederneiras na Rádio JB FM

|


O Programa Marcia Peltier Entrevista na rádio JB FM  traz  na semana  de 25 de setembro a primeiro de outubro , a  conversa com um dos mais brilhantes profissionais da dança no Brasil: o coreógrafo do grupo Corpo,  Rodrigo Pederneiras 

Ele  é um dos fundadores,junto com outros 5 irmãos,do grupo mineiro de dança que surgiu há 42 anos e já  conquistou o Brasil e o mundo com sua técnica e qualidade.


Atualmente eles estão em cena com o espetáculo ''Gira'',inspirado nos cultos afrobrasileiros.
  
 Durante a conversa com Marcia Peltier, ele fala do espetáculo ''Gira'',relembra  como surgiu o grupo Corpo,revela que a  primeira sede da companhia foi a casa dos próprios pais,fala da diversidade de perfis dos bailarinos e explica como eles conseguem ''voar'' no palco.Também conta como funciona a escola de dança e o projeto social da cia e anuncia as próximas cidades por onde o grupo Corpo irá se apresentar.

 Você não pode perder  Rodrigo Pederneiras   no Marcia Peltier Entrevista na
rádio JB FM  (99.9),em duas edições :de segunda à sexta,pela manhã  às 7h50
e  à noite,às 18h15,dentro do Painel JB.E aos sábados e domingos às 10h e18h. E a partir de 02/10 você vai poder ouvir a entrevista também no site da JB FM(www.jb.fm).


Foto : José Luiz Pederneiras

Camila Silva em sessão de fotos na antiga quadra Mocidade Independe de Padre Miguel

|


A paulistana Camila Silva reinará à frente da bateria mais famosa do carnaval carioca pela terceira vez em 2018. Sambista de raiz, a mulata está completamente integrada ao cotidiano da Mocidade Independe de Padre Miguel e é muito querida pelos componentes, membros da comunidade e torcedores da hexacampeã da folia carioca. Ela visitou, recentemente, a antiga quadra da verde e branca e realizou uma sessão de fotos no local.

- É impressionante a energia daqui. Pisar neste lugar histórico traz uma sensação muito bacana e faz entender o porquê da Mocidade ser o que é. Fica complicado até de explicar, só estando aqui para sentir. Essa quadra foi palco de muitas glórias independentes e continuará marcando a história de forma toda especial - afirmou Camila.

A Mocidade Independente de Padre Miguel e a SuperVia assinaram um contrato de cooperação para a reforma da quadra antiga da agremiação. O projeto prevê a transformação do histórico imóvel em um centro social e cultural para a comunidade da região. O histórico imóvel receberá também diversos eventos da agremiação.     

Foto: Daniel Pinheiro

Banda Magnólia agita São Paulo com seu rock visceral

|


No próximo dia 01, a Banda Magnólia sobe aos palcos do Laterna, trazendo a São Paulo o melhor do rock nacional.
A banda formada em Santa Catarina,  apresenta seu rock alternativo e visceral, que vem conquistando um grande público por onde passa, recebendo destaque no sul e sudeste do país.
A Magnólia tem um estilo musical que traz de volta o rock alternativo que flerta com elementos eletrônicos. Alguns fãs já intitulam o som de post-rock com vocais, uma vez que o post rock é mais instrumental.
Com um pensamento inovador e cheio de ousadia, a banda carrega em suas músicas acordes intensos, ritmos marcantes e multifacetado.
O segundo Cd da banda deve ser lançado até o final de 2017.
 Recentemente a banda Magnólia lançou o videoclipe da música “Entrop1a” que conta com a participação da cantora Elektra, ex- Fake Number.
Banda Magnólia 
Data: 01/10/2017
Local: Lanterna – Rua Fidalga,531 – Vila Madalena – São Paulo - SP
Horário: 20 hs
Ingressos: R$ 35,00
Classificação: Livre

Para saber mais acesse:

Foto: Gui Caielli 

Tendências para a Primavera 2017

|


A temporada ensolarada e cheia de flores promete dar o que falar, não só nas ruas embelezadas por ipês e árvores lindas, mas também nos looks, com estampas floridas, cores fortes e muito conforto!
Cores: As cores fortes continuam a dominar os looks nessa estação. Vermelho, verde, laranja, pink, azul e muitas flores (dessa vez no Maxi flores, aparecendo maiores nas peças. As principais grifes escolheram usar flores esse ano com modelagem mais criativas e ousadas). 
Mas as cores claras, como o Rosa, tons de nude, candy colors também estarão bem presentes na Primavera. Vale lembrar que a cor escolhida pela Pantone esse ano foi a Rose Quartz. As listras também continuam em alta, mesclando com flores, o famoso mix de estampas (ousado né?), mas com muita personalidade!

Estilos: Estilos confortáveis serão a bola da vez! Muito vestidos (curtos, longos, soltinhos com tênis, slippers, flats mules), muito cropped e looks monocromáticos, t-shirts engraçadas com jeans (saia, shorts)
Acessórios: Choker muito vistos no Outono/inverno continuam em alta, dessa vez mais discretos e com pedras. 
Brincos e colares de bolas, dourados, prateados, coloridos e em versão maxi serão super tendência, sem contar das maxi pérolas. Vale a pena investir neles, por ser atemporais: nossas avós usaram muito podem procurar nos álbuns (risos).

Tons de batom: Tons naturais, terrosos, os nudes sem exagero para valorizar o rosto. Um maravilhoso que já é must have de muitas garotas é o Velvet Teddy da M.A.C 
Sobre Lu Cabral
Lu Cabral é formada em direito, consultora, consumidora e amante de bons looks. Atuando no mercado desde 2014, quando abandonou a vida burocrática para viver sua grande paixão que é o mundo da moda.
Com a abertura do blog (lucabral.com.br) se deparou com um grande público consumidor de moda, que a fez ficar surpresa com o retorno a cada dica e conselho. O que era um momento de lazer, de informação para as amigas e familiares, se transformou numa consultoria diária para mulheres de todo o Brasil.
Buscando se especializar e estreitando seu relacionamento com o universo fashionista, sempre que pode acompanha palestras, desfiles e cursos sobre o mercado para ficar antenada e informar seus seguidores.
Com o crescimento do seu público e depois de muitos pedidos, foi necessário migrar todo esse trabalho para as redes sociais e o sucesso do blog refletiu de imediato na conta do Instagram, que atualmente está com mais de 50 mil seguidores.
Instagram: @blog_lucabral
Site: lucabral.com.br 
Fotos: Lu Cabral - Divulgação


Ed Motta: lançamento nacional do Baile do Flashblack, dia 28, no Bourbon Street

20 setembro 2017 |


“O Baile Do Flashback é um projeto que sempre me foi cobrado pelas pessoas que acompanham meu trabalho, sempre existiu uma curiosidade em escutar minha voz em clássicos recentes da música, recebi emails por anos a fio com esse pedido.

Resolvi montar o show com ajuda preciosa do diretor musical e pianista Michel Lima, que fez os arranjos e me ajudou a montar a banda.

O repertório é repleto de temas que tocam até hoje nas rádios segmentadas, músicas que muitos conhecem mas os artistas não ficaram necessariamente conhecidos, casos como BB&Q Band, McFadden & Whitehead, Shalamar etc.


A veia principal do show é o soul/funk do final dos anos 70 e início dos 80, e conta também com baladas românticas como Take Me Now do David Gates, o compositor da banda Bread.

Nas plataformas digitais está disponível um single da música Living Inside Myself, do canadense Gino Vannelli, um tema que ainda toca muito nas rádios.

No show não pode faltar os sucessos da minha carreira como Colombina, Fora Da Lei, Manoel, Vendaval, Tem Espaço Na Van etc.

Eu me divirto muito cantando essas músicas que cresci escutando por onde passava, esse era o repertório popular da minha infância e adolescência.”


https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gifEd Motta

Algumas do repertório ...

Shalamar - A Night To Remember https://www.youtube.com/watch?v=Qwvf2ilsogo
Ray Parker Jr. - A Womans Needs Love https://www.youtube.com/watch?v=QvBmtqyaijI
Al Green - Let's Stay Together https://www.youtube.com/watch?v=COiIC3A0ROM
Gino Vannelli - Living Inside Myself https://www.youtube.com/watch?v=wvN_lPOz73A

Local: Bourbon Street | Rua Dos Chanés, 127 – Moema – SP
Bilheteria Bourbon Street: Rua dos Chanés 194 – de 2ªf.a 6ª.f das 9h às 20h, sábado e feriado das 14h às 20h
Fone para reserva: (11) 5095-6100 (Seg. a sexta) das 10h às 18h
Data : 28/09/2017- quinta-feira
Horário: 22h30
Abertura da casa: 21h
Duração: 70 min. aproximadamente
Couvert Artístico: 2º. Lote R$ 150,00( Mesa no mezanino por pessoa); R$ 120,00 (Mesa atrás da pista por pessoa); R$ 85,00 pista
Venda também pela Ingresso Rápido - 11 4003 1212 - www.ingressorapido.com.br
Classificação indicativa : 18 anos e 16 anos acompanhado de responsável
Capacidade: 580 pessoas
Estacionamento/ Valet: R$ 25,00
Aceita todos os cartões de débito e crédito.
Acessibilidade motora
Ar condicionado.
Wi-fi( solicitar senha na casa)

Foto: Valéria Macedo



Anderson RaraKalma lança primeiro CD solo

|


Depois de longa trajetória na área do pagode gospel e com bagagem em grupos, o cantor Anderson RaraKalma lançou, ontem, seu primeiro CD solo intitulado “Levanta e Anda”, no Espaço Ceccarelli, no Centro de Rio Bonito (RJ), às 20h. Músicos e amigos do artista que moram em Niterói, São Gonçalo, Silva Jardim e Cabo Frio compareceram, além de familiares e admiradores. Com banda ao vivo, Anderson provou que nasceu para atuar no meio. O show foi um marco em sua carreira e sinaliza o início de uma nova jornada, totalmente promissora. 

Foto: Edson Soares

Cantor Jairo Silva lança álbum

|


O cantor gospel Jairo Silva lançou o CD “Caminharei”no dia 16 de setembro, às 20h, no Templo da Primeira Igreja Assembléia de Deus em Rio Bonito (RJ), localizada no Centro da cidade. No evento estiveram presentes parentes, amigos e admiradores. Jairo apresentou algumas canções de seu repertório e agradou o público. Ao terminar sua apresentação, reservou um momento para fotografar com o público. 

Foto: Edson Soares


Sabe quando você guarda o melhor para o final, pra comer depois? Yuri Gofman conta nesse espetáculo como foi que aprendeu que a vida é pra comer agora

Depois de oito anos fazendo personagens cômicos, humor com texto, teatro físico, Yuri Gofman começou no stand up e agora estreia em São Paulo o show “Pra Comer Depois”, que começa temporada no Teatro Folha no dia 06 de outubro, em sessões às sextas-feiras, às 23h59.

“Foi como mudar de sexo: você acha que ver é tão fácil quanto fazer, mas se você vai ter uma ferramenta nova precisa de habilidade com ela”, afirma Yuri, que, com a vantagem de já ser humorista, antes de levar seu show aos palcos, o testou em vídeos e trouxe sua experiência como autor, a interação com o público e o improviso para pular etapas na criação de seus sets.

Criou seu primeiro show, testou na estrada, em teatros, escritórios, em eventos corporativos para seu patrocinador, a Germed. Foi um intensivo que o fez amadurecer ainda mais rápido. Quando o show entrou em cartaz, no Rio de Janeiro, já tinha um repertório, que melhorou e deu mais confiança ao autor/ator. E foi esse o caminho que o levou a criar e produzir o espetáculo “Pra Comer Depois”, com material novo e mais focado na interação com o público.

Partindo de sua biografia de ator, roteirista e diretor, do sonho de ser galã de novelas, à desistência da profissão – aconselhado pela própria mãe, a atriz Rosane Gofman – e como o humor o trouxe de volta, Yuri parte para a comicidade, em um texto que traz uma mistura da conversa com amigos no bar e das relações entre mãe e filho, vida a dois, trabalho, ansiedade, de viver tudo ao mesmo tempo, o que o aproxima da plateia. Yuri fala sobre ser um cara comum, nem bonito nem feio, para chegar à vida do ser humano igualmente comum.

Mais que um show de humor, “Pra Comer Depois” leva a plateia a uma experiência. Um bar montado no palco, com mesas e cadeiras, convida o público para beber uma cervejinha e Yuri cria em cima do que cada um tem pra contar na hora. “Sabe quando você fala ‘po, lembra aquele dia no bar, que tava eu, você, o Yuri...’? É esse tipo de memória que a gente quer criar. “

“Eu mesmo há um ano estava solteiro, pegando geral, mas sou um cara normal, nota 5, e pra pegar alguém eu tinha que conversar e às vezes você não quer, e quando você fala nem sempre a pessoa gosta do que você diz, então... em um ano eu tive um filho, ganhei uma filha, casei, me mudei pra São Paulo e estou devendo no SERASA. Dividir isso com as pessoas faz ficar mais leve, engraçado e cheio de identificação. Você pode se achar muito especial, mas no fundo todo mundo é parecido. E é nisso que foco meu show”, considera Yuri, que finaliza: “E com tanto comediante por aí, se uma empresa resolveu gastar seu dinheiro de marketing pra me patrocinar, não foi por amor, né? Eu devo ser engraçado.”

Que seja fast food, como faz referência na arte da peça, mas que importe o momento, a lembrança, quem está com você. “Quando trabalhava no McDonalds, eu sempre deixava um sanduíche na estufa pra comer depois do expediente, porque quando sobrava nós comíamos. Mas, às vezes, quando estávamos fechando, aparecia um cliente que comia o meu sanduíche. A gente nunca sabe, nessa vida, se deixar pra comer depois,  alguém vai comer nosso sanduiche. Ou não”, pondera Yuri. Ao mesmo tempo o slogan da peça, "vamos rir de tudo isso", é emulação do "amo muito tudo isso", da rede de fast food. “Rir sozinho é ruim. É coisa de maluco. E da minha mulher também, ela ri sozinha. Mas deve ser meio maluca, é casada comigo”.

Existe essa impressão que não só a vida, mas o humor aqui é fast food: as pessoas consomem de forma imediata. Esse é o conceito que norteou a criação de “Pra comer depois”. Pela rapidez e proximidade do público, acaba criando uma experiência. “Memórias você cria assim, compartilhando”, diz Yuri, que completa: “e ainda temos parcerias com estabelecimentos 24 horas, caso alguém queira sair pra comer um sanduiche depois”.

Yuri optou por chamar “Pra Comer Depois” de comédia ou show porque faz cenas que não consideradas stand up. Então é um show de humor em que se pode notar a influência da precisão e dedicação dos comediantes, mas também as experiências que acumulou como ator. Esse é o show sobre a vida de todo mundo, sobre família, relacionamentos e como tudo isso é louco, a vida corrida que a gente leva. “Pensa nisso e vem me ver. Vem com os amigos, com a namorada, com o amante, com a mãe, com o pai. A vida tá difícil? Tá ruim pra todo mundo? Vamos rir de tudo isso. E com saideira.”


SOBRE YURI GOFMAN

É ator, roteirista e diretor. Criou, dirigiu e atua fazendo mais de 15 personagens na primeira série teatral do Brasil, “Doutor”, que já viajou todo o Brasil em mais de 500 apresentações de seus 3 episódios (“Doutor”, “Doutor 2” e “Doutor 3”). Os espetáculos foram visto por mais de 100.000 pessoas.

“Posso ser sincero?” é seu primeiro espetáculo stand up, com temporada bem sucedida em um dos mais prestigiados espaços do Rio de Janeiro, o  Teatro dos Quatro. Com ótima recepção do público e da crítica, o espetáculo revelou sua habilidade de contar histórias.
Há mais de dez anos trabalhando em parcerias com empresas, fez diversos trabalhos artísticos com brienfing de profissionais da área, com a missão de transformar o institucional em espetáculo.

Autor e diretor do espetáculo “Meninas Crescidas Não Choram”, que esteve em cartaz em São Paulo e outras diversas cidades do país. Está em produção do espetáculo “Pelejas de Ojuara”, baseado no livro que inspirou o filme “O homem que desafiou o Diabo”.
Colabora como consultor para humoristas e produtoras, avaliando roteiros em tratamento. Cronista, colaborou em publicações conceituadas como Revista O Globo e o extinto Jornal O Dia.

FICHA TÉCNICA
Autor, diretor e ator - Yuri Gofman 
Produtor - Maurício Pinheiro

SERVIÇO: PRA COMER DEPOIS
Local: Teatro Folha
Estreia: 06 de outubro de 2017
Temporada até: 24 de novembro de 2017
Apresentações: sexta-feira, às 23h59
Ingresso: R$50,00 (setor 1) e R$40,00 (setor 2)

Duração: 70 minutos
Classificação etária: 14 anos 

TEATRO FOLHA

Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e internet/ Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: de terça a quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 00h; sábado, das 12h às 00h; e domingo, das 12h às 19h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3104-4885, (11) 3101-8589, (11) 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, CSN, LG, Privalia, Nova Chevrolet, Wickbold, Owens, Teleperformance e  Grupo Pro Security.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL

O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de quinze anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística de Isser Korik e direção comercial de Léo Steinbruch, programando espetáculos para temporada em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2 milhões de espectadores.

Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, A Pequena Sereia”, Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” e “Chapeuzinho Vermelho” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, Senhoras e Senhores”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “E o Vento Não Levou”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.

Foto: Demetrio Aguiar