'Verão com Dó Ré Mi' apresenta espetáculo em Búzios

22 janeiro 2020 |


O Dó Ré Mi 2020 está percorrendo diferentes cidades do Rio de Janeiro em uma grande carreta que se transforma no palco para as apresentações. Mais de dois milhões de pessoas já assistiram os shows do talentoso grupo de jovens, que canta, dança e representa.



O projeto musical “Verão com Dó Ré Mi”, que é sucesso em todo o Brasil, chega à Búzios trazendo o espetáculo “Like”. A apresentação acontecerá no sábado (01/02), na Praça do INEFI – Rasa, às 20h.

O Dó Ré Mi 2020 está percorrendo diferentes cidades do Rio de Janeiro em uma grande carreta que se transforma no palco para as apresentações. Mais de dois milhões de pessoas já assistiram os shows do talentoso grupo de jovens, que canta, dança e representa.


O espetáculo “Like” apresentará um repertório variado, com muita música e dança para agradar à todas as idades.

Fotos: Divulgação

Catherrine Leclery desembarca no Brasil

|



Catherrine Leclery é uma atriz, transformista, brasileira, da cidade de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul. Mora na Alemanha há 27 anos, onde é muito reconhecida por fazer participações em: novelas, programas de TV alemã, comerciais e campanhas publicitárias.

Chega no Brasil em fevereiro, no carnaval, para desfilar, pela terceira vez, na Escola de Samba Mangueira, ao lado da cantora e amiga Alcione, com o enredo “A verdade vos fará livre!”. Vale lembrar que todo seu figurino é produzido no Brasil por Nilson Lourenço, em São Paulo.

Catherrine iniciou sua carreira artística em Porto Alegre e seu sucesso começa  ao vencer o "Miss Brasil Transformista" em 1992, um concurso local de Drag Queen, onde o comediante Carlos Perciavalle, conhecido no Uruguai e na Argentina,  a conheceu e ofereceu uma série de apresentações com ele em Punta del Este, no Uruguai. Depois esse período, durante uma viagem de férias a Düsseldorf, na Alemanha, ela conheceu o comediante Tom Gerhardt, que a convidou para fazer parte de sua aclamada comédia de teatro "Voll Pervers", de outubro de 1995 a maio de 1996.

A partir de então, Catherrine Leclery fez da Alemanha, seu segundo país, onde tem contribuído significativamente para o cenário das artes cênicas e da TV. Tornou-se a primeira Drag Queen a fazer desfiles de moda nesse país.

Atualmente, ela mora em Colônia e é uma personalidade bem conhecida pelo público em geral, inclusive crianças e amiga de várias personalidades de Hollywood.

Participou do reality 2019 - Queen of Drags, onde ficou durante 01 mês numa mansão em Los Angeles. Pabllo Vittar, Leona Luz, Latoya Jackson foram os jurados e Leclery ficou em 4° lugar. A partir do reality, Catherrine foi contratada para ser a top da publicidade de bolsas e chocolates de grandes marcas, o que fez explodir seus seguidores que hoje conta com 37 mil. 

Instagram: @leclery

Foto: Divulgação



O espetáculo “Eu não sei como tudo começou”, de Adriano Moura, terá última apresentação da temporada hoje, no Teatro de Arena, no Centro do Rio de Janeiro e está imperdível!

Para abrilhantar a peça, a participação da psicóloga Teresinha Anciães e do psicólogo Daniel F. do Amaral promete enriquecer o trabalho.

O texto fala da relação de violência e bullying entre alunos e professores. Ótima sugestão para profissionais da Educação, visto que, em breve, o Ano Letivo começará nas escolas.

Não perca!


Que tal ir ao Teatro HOJE de GRAÇA?

Há uma Promoção Relâmpago para a Última Apresentação do espetáculo hoje:

Estão sendo oferecidos 10 CONVITES DUPLOS para o espetáculo “EU NÃO SEI COMO TUDO COMEÇOU”.

PARA GANHAR OS CONVITES DUPLOS, basta SOLICITAR ABAIXO e COMPARTILHAR essa postagem de forma PÚBLICA na própria página.

DETALHES AQUI...



Foto: Divulgação


O meu querer

|



Cada vez que eu abrir a minha boca
Cada vez que eu olhar na direção de alguém
Cada vez que, passo a passo, eu chegar em algum lugar
Seja a tua voz, sejam teus olhos, sejam os teus pés

Cada vez que eu tocar num rosto em pranto
Cada vez que eu fizer o que já não se faz
Cada vez que, em silêncio, eu doar a outra face
Sejam Tuas mãos, seja Tua graça e o teu amor

Eu quero te servir, eu quero te obedecer
Viver tua vontade, refletir tua verdade
Te honrar com minha vida, em tudo te adorar
Mestre, amigo, amado Jesus
Esse é o meu querer.

Cada vez que eu tocar num ombro amigo
Cada vez que eu fizer o que já não se faz
Cada vez que, em silêncio, eu doar a outra face
Serei tuas mãos, venha tua graça e o teu amor

*Artista: Paulo César Baruk
*Foto: Internet

Regina Polivalente e o ‘Cassino do Chacrinha’: um acaso que virou notícia

16 janeiro 2020 |



Um acaso que virou história inesquecível para a televisão brasileira. Foi justamente assim que a Regina Polivalente se tornou Chacrete nos Anos 80 e conviveu, durante muito tempo, ao lado do Abelardo Barbosa, o nosso eterno Chacrinha. “Fazia Faculdade com a Mariângela e a Glaucia Sued e sempre ficávamos juntas na entrada. Um dia, a Glaucia disse que virou Chacrete; aí eu brinquei e disse que só faltava eu... Mas, era brincadeira. Mesmo assim, ela marcou de eu ir na gravação e não fui. Ficou chateada porque o Leleco Barbosa estava me esperando para me conhecer. Então, fui até lá com elas, ele gostou de mim e, na próxima gravação, entrei. Nem acreditei quando acabou o ensaio e ele disse para a figurinista ver roupa para mim!”, relatou com exclusividade para o CULTURA VIVA.

Para saber o restante dessa aventura de muito sucesso, acompanhe o bate papo! 

CULTURA VIVA Por quanto tempo foi Chacrete? Como era o relacionamento entre as Chacretes, na época? 
REGINA POLIVALENTE: Fui Chacrete nos três últimos anos do programa. Eu me relacionava bem com todas, mas, lógico que entre tantas mulheres você tem afinidade mais com umas do que com outras.

C.V.: Como era dividir o mesmo palco com um dos maiores apresentadores de TV, na época? Dá para traduzir a emoção? 
R.P.: Quando me vi lá em cima do queijo e olhava para o palco lá em baixo não acreditava que eu estava ali. Mas, a maior emoção foi quando ele pediu o primeiro som para mim. Emoção tenho hoje quando vejo que fiz parte desta história da televisão que até hoje é lembrada com tanto carinho. Inclusive, digo sempre que tive dois pais: o Antonio Augusto de Magalhães, que me batizou como Regina Magalhães, e Aberlado Barbosa, o Chacrinha, que me batizou de Regina Polivalente.

C.V.: Que recordação mais forte você guarda do Chacrinha? 
R.P.: Quando, um dia, ele falou para mim: “Minha filha, estude porque não serei eterno, mas estude aquele negócio de processamentos de dados (como se falava na época), porque isso é o futuro”. Chacrinha era sábio.


C.V.: Além de participar do programa "Cassino do Chacrinha" você também acompanhava o apresentador nos shows? Como era a reação do público? 
R.P.: Sim, sempre que era convocada. O público sempre ia ao delírio!

C.V.: Ainda mantém contato com as outras Chacretes? 
R.P.: Sim, A Cleópatra é quem mais tenho contato (minha amiga para todas as horas!), Mariângela, Glaucia e outras de outras gerações também como Marlene Morbeck (Loira Sinistra) e Rita Cadilac.


C.V.: Depois que deixou o ofício de Chacrete foi difícil encarar a vida aqui fora? Em que trabalhou de início? 
R.P.: O difícil sempre é lidar com a perda de alguém, ainda mais alguém que me ensinou muito, que via como um segundo pai. Mas, eu sempre trabalhei em outro trabalho, não apenas na TV. Sou Formada em Educação Física e dava aula na Academia do ator Romulo Arantes (in memorian), e isso Chacrinha admirava.

C.V.: Atualmente, como é seu cotidiano? Desempenha qual profissão no mercado? 
R.P.: Meu cotidiano é de uma pessoa normal: acordo cedo e vou trabalhar, saio e vou para academia; nos fins de semana fico com a família. Há onze anos sou Consultora Comercial da Escala Eventos da feira SRE TRADE SHOW (Super Rio Expofood).

C.V.: Que recado você deixa para os fãs do Velho Guerreiro? 
R.P.: Acredite em si mesmo e torne-se um vencedor porque você é o único que tem esse poder.

Fotos: Arquivo pessoal de Regina Polivalente

Memorial da América Latina abre novo restaurante

13 janeiro 2020 |



O Memorial da América Latina abre, hoje, um novo restaurante, lanchonete e cafeteria: o Nortic Foods Memorial. Após três anos fechado, o espaço – localizado ao lado do Pavilhão da Criatividade –, foi reformado e agora estará aberto ao público todos os dias, das 9h às 18h.

O cardápio traz opções de matinais, salgados, almoço, lanches, bebidas e doces. O café da manhã será servido das 9h às 11h, e terá opções de pão na chapa, iogurte com granola, tostex, pão de queijo e tapioca. O almoço, das 11h30 às 15h, traz pratos diversos, sempre acompanhados de mini salada, e terá, toda sexta-feira, um prato especial latino-americano. Se a preferência for lanche, há a opção de hambúrguer caseiro, sanduíche de pernil e ciabatta de frango crispy. Entre os doces, delícias como donuts, bolo, salada de frutas e brownie.

Para atender a um público diverso que frequenta o Memorial, o restaurante também oferecerá opções veganas. Entre elas, estão a tapioca vegana de requeijão com tomate e orégano, coxinha de jaca e pão na chapa com requeijão vegano.

Restaurante Nortic Foods Memorial
Todos os dias, das 9h às 18h
Próximo ao Pavilhão da Criatividade | Portões 8, 9 e 13
Estação Barra Funda do Metrô

Foto: Divulgação

Geribá, a praia mais badalada de Búzios

|


Com dois quilômetros de extensão é uma das praias mais extensas da península buziana. Procurada por suas ondas, é perfeita para as práticas de surf, windsurf, bodyboard e stand up paddle, cujos equipamentos podem ser alugados nas tendas espalhadas pela areia.



A Praia de Geribá é um dos points mais badalados de Búzios. O nome é derivado de uma palmeira típica da Mata Atlântica chamada de Jerivá. Dispondo de uma excelente infraestrutura com bares, restaurantes e cafés, atrai esportistas, pessoas famosas e durante a alta temporada é o lugar preferido da galera jovem.


Com dois quilômetros de extensão é uma das praias mais extensas da península buziana. Procurada por suas ondas, é perfeita para as práticas de surf, windsurf, bodyboard e stand up paddle, cujos equipamentos podem ser alugados nas tendas espalhadas pela areia.

É possível chegar a Praia de Geribá por dois acessos: um pela Rua dos Gravatás e outro pela Avenida Geribá (Trevo do Ceceu).

A Prefeitura de Búzios, por meio da Secretaria de Turismo, Cultura e Patrimônio Histórico,busca incentivar a promoção de suas belezas naturais.

Fotos: Divulgação

Defesa Civil está em alerta no município de Cabo Frio

|

A Defesa Civil de Cabo Frio está em estado de atenção em decorrência da forte chuva que atingiu o município na manhã desta segunda-feira (13). Foram 48,9 milímetros de chuva em toda a cidade em aproximadamente 1h30.

Há previsão de chuva durante todo o dia. A orientação da Defesa Civil é que a população tenha atenção em locais suscetíveis a alagamentos crônicos, e se possível permaneça em casa ou no trabalho durante a ocorrência de chuva forte.

“Pedimos para que as pessoas evitem sair de carro e entrar em ruas alagadas. Há previsão de chuva para todo o dia, inclusive com alerta do CPTEC e do INEA quanto a mau tempo”, explica Marcio Soren, superintendente da pasta.

Em caso de emergências, a Defesa Civil deve ser acionada pelos números 199 ou (22) 2647-0199.

O Programa de Apadrinhamento do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com a Prefeitura de Macaé, prossegue com suas ações no município. Existem três modalidades dentro do Apadrinhar: Amar e Agir - o apadrinhamento afetivo, o apadrinhamento provedor e o apadrinhamento prestador de serviços.
O programa é destinado a crianças e adolescentes que vivem em instituições de acolhimento sem perspectivas de retorno à família de origem e não possuem pretendentes para a adoção.
De acordo com a coordenadora do programa, Milena Paradellas, o apadrinhamento é uma oportunidade de referência afetiva para aquelas crianças e adolescentes que ao longo do tempo perdem as chances de adotabilidade.
"O papel do padrinho é auxiliar no amadurecimento, se tornando realfabetizadores emocionais, oportunizando a construção de laços de afeto e ou apoio material, com possibilidades de amparo educacional e profissional. Os padrinhos são pessoas da sociedade civil que tenham disponibilidade emocional e ou financeira para participarem do programa", explicou.
Ela acrescentou ainda que em Macaé, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade, juntamente com a Coordenadoria da Proteção Social Especial de Alta Complexidade e o Cemaia promovem mensalmente o "Café do Encontro" nas unidades de acolhimento. Os eventos são oportunidades de estreitar laços com a comunidade e a equipe técnica esclarece dúvidas frequentes dos interessados.
 "É um bate-papo legal, no qual explicamos a dinâmica do programa, a política de atendimento à criança e ao adolescente e o direito à convivência familiar e comunitária", acrescentou .
Para participar é só ligar para uma das unidades e agendar  2765-2804/ 2765-2812/ 2765-2815.
O programa
A proposta é propiciar às crianças e adolescentes, em medida de acolhimentos institucional e familiar, com esperanças remotas de reinserção familiar e adoção, a oportunidade de construir laços de afeto e apoio material, com possibilidades de amparo educacional e profissional, com pessoas da sociedade civil que tenham disponibilidade emocional e/ou financeira para se tornar padrinho ou madrinha.

O Programa de Apadrinhamento estabelece três modalidades:

Apadrinhamento afetivo – visita regularmente o afilhado, buscando-o para passar fins de semana, feriados ou férias escolares, proporcionando as promoções social e afetiva e revelando a ele as possibilidades de convivência familiar e social saudáveis.

Apadrinhamento provedor – oferece suporte material ou financeiro à criança e ao adolescente.

Apadrinhamento prestador de serviços – atende às necessidades institucionais das crianças e/ou adolescentes, conforme a sua especialidade de trabalho, sendo um fornecedor de serviços médicos, odontológicos etc.




Tiago Abravanel comemora premiações por festa dos sonhos de sua marca

|



T_Jama Dreamland Party foi ouro em Marketing Estratégico para Eventos realizado em parceria com a agência F/Malta
A festa de lançamento repleta de experiências da T_Jama, marca de roupas disruptiva e antenada do ator, apresentador e cantor Tiago Abravanel conquistou vários troféus no Festival Ibero Americano de Promociones y Eventos (FIP) e no Prêmio Caio 2019.
T_Jama Dreamland Party foi a representação de um sonho para descrever uma marca que quer tirar as "pessoas da caixinha". O evento recebeu o Jacaré de Ouro no Prêmio Caio na categoria Marketing Estratégico para Eventos e o bronze em Comunicação Visual. Já no Prêmio FIP ela ficou no pódio com a estátua de bronze no Lançamento ou Reposicionamento de Produto.

A marca pretende ser uma referência para aqueles que prezam pelo conforto. E de acordo com Tiago Abravanel "A ideia é que as pessoas se sintam confortáveis e estilosas em todos os momentos do dia, seja em casa, na rua ou no trabalho."
O lançamento da T_Jama foi uma parceria da marca com a agência de marketing de experiência F/Malta, que propôs o conceito de uma festa para reunir influenciadores e formadores de opinião em um evento sensorial inesquecível e cheio de magia.
Sobre a F/Malta
Com atuação no mercado de comunicação, a F/Malta é uma agência multidisciplinar com foco principal em Marketing de Experiência para grandes clientes. A equipe é composta por mais de 45 colaboradores fixos e se divide em núcleos estratégicos. Deste modo, se otimiza o processo de desenhar os projetos baseados em inteligência de mercado adquirida de cada cliente, a fim de garantir sempre grandes resultados com muita criatividade. Empresas como Google, Turner, JBS, PagSeguro, Vigor e Land Rover são algumas das marcas no portfólio da agência, que coleciona diversos prêmios nacionais e internacionais.

Fotos: Divulgação

Réveillon em Búzios terá festa nordestina

30 dezembro 2019 |


Nesta virada de ano, a Prefeitura de Armação dos Búzios organiza a tradicional queima de fogos na Praia de Geribá, que receberá milhares de pessoas, vindas de todas as partes do Brasil e do mundo. Cinco torres de DJ instaladas em toda a extensão da praia começam a animar a festa a partir das 22h. Eventos privados de prestígio também vão enriquecer a oferta de entretenimento na cidade, trazendo atrações famosas.

Festejos abertos ao público vão acontecer em Tucuns, em Manguinhos e na Armação, onde haverá palcos com shows musicais e queimas de fogos. Destacamos uma grande festa nordestina com forró na Praça do INEFI, na Rasa a partir das 18h com fogos de artificio na hora da virada.

Foto: Divulgação

Vitória Furtado e sua arte revelada em ‘No Escuro ou o que faz uma mariposa sem uma lâmpada’

21 dezembro 2019 |



Encerra hoje, no Teatro Candido Mendes, em Ipanema (RJ), a comédia melodramática “No Escuro ou o que faz uma mariposa sem uma lâmpada", de Jaú Sant`Angelo, baseada no texto de Carlos Gorotiza, dirigida por Jefferson Almeida. No palco os atores Vitória Furtado e Sidcley Bastista esbanjam talento num espetáculo montado em homenagem aos trabalhadores do Teatro.

 

A história fala de “Laura”, uma mulher que vai reviver sua atriz de duas décadas atrás, e vai flertar com a loucura, e de seu marido “Bento”, que tenta devolvê-la à vida real.

Em conversa com o CULTURA VIVA a atriz Vitória Furtado falou de sua carreira e de mais esse trabalho com o qual presenteia o público.


Acompanhe!

CULTURA VIVA: Que fato demarca seu início na atuação?
VITÓRIA FURTADO: Foi quando ainda estudante na faculdade Dulcina, em Brasília, fiz Hamlet Machine de Heiner Muller. Pela primeira vez, atuei e produzi.

C.V.: Qual o tema central da peça "No escuro ou o que faz uma mariposa sem uma lâmpada"?
V.F.: A dificuldade que a maioria dos artistas tem de viver da arte, especificamente do teatro. 

C.V.:  Desde de sua estreia, como analisa essa temporada? 
V.F.: Como um grande aprendizado.

C.V.:  E o parceiro em cena, o ator Sidcley Batista, como tem contribuído para mais esse sucesso?
V.F.: Com o seu talento e a sua disposição de atuar.

C.V.: Além de atuar, este espetáculo também tem sua participação na montagem?
V.F.: Sim. A minha empresa é quem realiza o espetáculo.

C.V.: Qual sua opinião sobre o Teatro no Rio de Janeiro, hoje?
V.F.: Acho que está difícil pelos cortes que houveram no investimento para a Cultura. No Rio, por exemplo, o corte do fomento direto afetou muito as possibilidades de produção.

C.V.: No Brasil ainda se conserva a cultura das famílias frequentarem o Teatro?
V.F.: Sim, mas essa cultura é restrita aos grandes centros urbanos.

C.V.: O que falta para aquecer o mercado teatral, ao seu ver?
V.F.: Mais movimento entre os produtores culturais e a ampliação e descentralização do investimento para todos os municípios brasileiros.

C.V.:  Que recado você deixa para os empresários apoiarem ainda mais o Teatro?
V.F.: Que vejam o teatro como um investimento para o desenvolvimento do país e, um país desenvolvido, interessa a todos. 


Ficha técnica:
Local: Teatro Cândido Mendes
Endereço: Rua Joana Angélica, Nº 63 – Ipanema.
Telefone: (21) 2523-3663
Sessões: Sexta, sábado e domingo às 20h
Período: 15/11 a 22/12
Elenco: Vitória Furtado e Sidcley Batista
Direção: Jefferson Almeida
Texto: Jau San’t Ângelo (baseado na obra de Carlos Gorotiza)
Classificação: 12 anos
Entrada: R$ 50 (inteira); R$ 25 (meia)
Funcionamento da bilheteria: Terça a domingo a partir de 13h
Gênero: Comédia melodramática
Duração: 70 minutos
Capacidade: 103 lugares

Fotos: Internet