Projeto 'Quinta Justa' com curadoria do 'titã' Branco Mello apresenta doze shows no Teatro Folha

20 agosto 2018 |

Programação terá doze shows todas as quintas-feiras com diversidade de estilos musicais entre os meses de setembro e novembro

O projeto “Quinta Justa”, com curadoria de Branco Mello, apresentará doze shows no Teatro Folha, todas as quintas-feiras, a partir de 6 de setembro. A programação começa com apresentações de Ana Cañas (06/09), Sergio Britto (13/09), banda Autoramas (20/09), João Suplicy Trio (27/09), Fernando Salem (04/10), bandas Sioux 66 e Mattilha (11/10).

Até o mês de novembro, outros expoentes da música brasileira passarão pelo palco do Teatro Folha. A ideia do projeto é misturar artistas já consagrados com novos nomes da MPB. Os shows serão realizados em ambiente intimista, em que os artistas poderão também contar curiosidades sobre suas canções e  trajetória profissional.

Branco Mello conta que ao escolher os artistas para a programação musical levou em consideração a admiração que tem pelo trabalho artístico e pensou em reunir diferentes gerações  que de alguma maneira fazem parte da sua história. “Todos os artistas convidados,  dos mais novos  aos mais experientes,  trazem   trabalhos  especiais  e  relevantes  para o projeto Quinta Justa”, diz Branco Mello.


PROGRAMAÇÃO


ANA CAÑAS – “VOZ E VIOLÕES”
DIA 06 DE SETEMBRO



Foto: Hugo Alexandre

A cantora e compositora paulistana Ana Cañas apresenta o novo show “Voz e Violões”. Com o lançamento de um novo disco previsto para o segundo semestre de 2018, a cantora faz shows no novo formato, mais enxuto, que traz um repertório exclusivo e inédito na voz da cantora. Entre as novidades, estão versões para “Tigresa”; “Eu Amo Você”, clássico de Tim Maia; e “Velha Roupa Colorida”, de Belchior. 

Ana também apresenta uma música inédita que integrará o repertório do disco novo. Também compõem o repertório canções conhecidas e queridas do grande público, como, o single “Respeita” (música que ganhou clipe com a participação de 86 mulheres que estão à frente da resistência feminista, como Elza Soares e Maria da Penha), “Esconderijo”, Urubu Rei”, “Será Que Você Me Ama?” e “Pra Você Guardei O Amor”.

Ana Cañas tem dez anos de carreira e possui 04 discos lançados (“Amor e Caos”, “Hein?”, “Volta” e “Tô Na Vida) e um DVD (“Coração Inevitável” - registro do show dirigido por Ney Matogrosso). É considerada uma das cantoras mais interessantes da atualidade, possui voz potente, afinada e é conhecida por suas interpretações viscerais, carregadas de emoção.

SÉRGIO BRITTO – VOZ E PIANO
DIA 13 DE SETEMBRO



Foto: Silmara Ciuffa 

Sérgio Britto é compositor, cantor, instrumentista integrante da banda Titãs. Tem 36 anos de carreira e durante esse tempo compôs e interpretou muitos sucessos sozinho ou em parceria. É autor das conhecidas músicas “Epitáfio”, “Homem Primata”, “Diversão”, “Enquanto Houver Sol”, “Marvin”, “Flores”, entre outros sucessos.

Nos últimos anos vem desenvolvendo, paralelamente ao trabalho com a banda, o projeto solo “bossa-nova pop”. Já em seu quarto álbum, gravou, com participação especial de Rita Lee, a premiada “Purabossanova “ ( eleita a melhor música do ano pelo juri da radio MPB FM em 2014 ). São também destaques desse repertório “Aqui Neste Lugar”, com participação especial de Negra Li, “Pra te Alcançar”, com Marina De La Riva, e “Sol e Água Limpa”, com Marcela Mangabeira.

Para este show, Sérgio fez uma seleção criteriosa e equilibrada de toda essa produção. Integram o set list deste show tanto canções que foram compostas especificamente para o piano, como, “Epitáfio”, “Enquanto Houver Sol” e “Porque eu sei que é amor”, quanto músicas que foram transcritas para este instrumento: “Homem Primata”, “Flores”, “Nem Cinco Minutos Guardados”, entre outras.

Há também neste espetáculo espaço para  canções de outros autores ou bandas: “Us and Them”, do Pink Floyd, e “Should I stay or should i go”, do  The Clash, que soam surpreendentes tocadas apenas com piano e voz.

Para finalizar, Sérgio toca também três canções da recém lançada ópera rock dos Titãs, o álbum “Doze Flores Amarelas”.

O fato do repertório ser interpretado neste formato, dá frescor e novo fôlego a canções consagradas, revelando nuances e novos aspectos de músicas muito conhecidas.

BANDA AUTORAMAS
DIA 20 DE SETEMBRO



Foto: Paulo Aguiar

O Show “Autoramas - 20 Anos” reúne os riffs e efeitos originais de guitarra, o baixo com distorção, as batidas dançantes, as letras e melodias características daquela mistura de surf, garage, bubblegum, punk espacial, iê-iê-iê. Estas são algumas características da banda que já lançou 7 álbuns, tocou em todos os Estados do Brasil e em 23 países em 47 viagens internacionais. A banda foi considerada pela gravadora Rough Trade britânica como a mais importante no cenário musical independente do Brasil.
Em 2018, para comemorar esses 20 anos, a banda faz show especial, com repertório de hits e  lançamento de um novo álbum, o oitavo, que leva o nome de "Libido". O repertório tem as músicas "Fale mal de Mim", "Quando A Polícia Chegar",  "Nada a Ver", "Você Sabe", "Mundo Moderno", "I Saw You Saying", "Paciência", "1,2,3,4", "Abstrai" e "Jogos Olímpicos".

JOÃO SUPLICY TRIO
DIA 27 DE SETEMBRO



Foto: Alexandre Suplicy

Completando 20 anos de carreira, o cantor, compositor e multi-instrumentista João Suplicy vive um momento que une maturidade e vigor artístico, cujo reflexo pode ser ouvido em seu mais recente álbum “João”, lançado em 2017 e fortemente elogiado pela crítica especializada.

Para o show, suas composições, como “Um Abraço e Um Olhar”,  “Deixa o tempo trabalhar”, “Solteiro e Vagabundo” e “Santa e Louca” são  entrelaçadas  num roteiro em que o artista conta histórias das canções que também dialogam entre si.
João apresenta ainda versões para clássicos que vão de Benito de Paula a David Bowie,  sempre com uma releitura própria, esbanjando musicalidade e virtuosismo com seu violão, que muitas vezes soa como uma guitarra endiabrada. Tudo isso sem falar nos momentos de romantismo que costumam hipnotizar as plateias por onde quer que passe.

Para acompanhá-lo, João escalou os excelentes músicos João Moreira, no baixo e vocais, e Danilo Moura, na percuteria e vocais.
Transitando entre a MPB, o pop e o rock com impressionante naturalidade, João traz blues na sua bossa, rock no seu baião e tudo parece fazer parte de sua essência.

FERNANDO SALEM – EU SEGUNDO EU
DIA 04 DE OUTUBRO



Crédito: Dimitri Lee

O compositor, intérprete e produtor Fernando Salem faz o show de lançamento do eDisc “Eu Segundo Eu”. No palco, Salem canta e conversa em total sincronia com imagens de diferentes fases da sua carreira projetadas na grande tela. No movie-show, apresenta Dias Melhores, inédita parceria com Arnaldo Antunes; em dueto com Caetano Veloso no telão, canta Rugas na Pele do Samba; com Paulo Miklos se diverte via Skype interpretando Eu Vou Tirar Você Desse Lugar de Odair José e com Marisa Orth e André Abujamra revive a Banda Vexame e seu hit Trauma.

O show marca mais um lançamento: Salem é o primeiro artista brasileiro a veicular seu trabalho no formato eDisc, um book recheado de imagens, letras, informações e relatos, que nos arremessa às plataformas digitais por meio de um simples QR code. O formato inédito contempla a veiculaçãoweb sem a necessidade de mídia física e, a um só tempo, delicia os que têm fetiche por imagens, histórias e informações curiosas sobre o trabalho. Ao entrar no hotsite “Eu Segundo Eu”, todos podem assistir ao show captado em 4K com direção de Tadeu Jungle. Podem também optar por “assistir” as canções de forma avulsa, ou escutá-las no Spotify e na Apple Music, além de curtir fotos, letras e agenda do projeto. No repertório de “Eu Segundo Eu”, canções de Salem, Assis Valente, Roberto & Erasmo, Gilberto Gil e Reginaldo Rossi.

SIOUX 66 e MATTILHA
DIA 11 DE OUTUBRO
                                                                                                         




Foto da banda Sioux 66: Leonardo Palma Benaci
Foto da banda Mattilha: Anderson Ilmar

Amizade é o termo que define a relação entre as bandas Sioux 66 e Mattilha, ambas formadas em São Paulo no início da década. Esse laço entre os integrantes existe desde antes da criação dos grupos e é celebrado com o lançamento do single “Sem Tempo Ruim” e o single "A Hora é Essa". Agora as duas bandas se preparam para pegar a estrada juntas e mostrar que o rock ‘n’ roll brasileiro permanece vivo.

Sioux e Mattilha prometem um show intenso e repleto de sucessos das duas bandas. A banda Sioux 66 é formada por Igor Godói (voz), Bento Mello (guitarra), Yohan Kisser (guitarra), Fabio Bonnies (baixo) e Gabriel Haddad (bateria). Compõem a banda Matilha: Gabriel Martins (voz), Victor Guilherme (guitarra), Andrews "Andy" Einech (baixo) e Ian Martini (bateria).
A banda Sioux 66 tem como propósito resgatar a pegada Hard Rock  e por em prática a atitude de suas referências que passeiam por grupos como Guns N' Roses e Aerosmith. Tudo isso cantando em alto e bom português e misturado com a energia do Rock atual.

Atualmente, a banda segue em tour de divulgação do single "A Hora é Essa" recém-lançado em todas as plataformas digitais pela Sony Music, que também conta com um clipe produzido e dirigido pela Motion Filmes, em que a banda convida fãs e amigos para contracenarem.

O show é intenso e conta com vários hits já conhecidos pelo fiel público do Sioux 66.

Mattilha – “Crônicas do Underground” é o caloroso e definitivo manifesto da banda que expõe paixões, sufocos, angústias, glórias e perseverança. O segundo álbum da carreira de intensos oito anos do quarteto paulistano, lançado nas principais plataformas digitais em parceria com o selo e produtora de Loudfactory, refina a amálgama do hard rock com o heavy metal, exaltado por meio de letras fortes sobre o próprio ofício na música e temas cotidianos, cantadas em português.
“O álbum transmite o Mattilha da estrada nos últimos anos, que se dedica ao extremo, como espírito de banda grande, mesmo, para ser autêntico e relevante na cena do rock pesado brasileiro”, exalta o quarteto. É uma carreira que contabiliza quase 200 shows, passando por 7 estados e mais de 40 cidades diferentes. Os números na internet também são expressivos: 3.700 milhões de plays só no Spotify e no YouTube.
QUINTA JUSTA
Shows
Dia 6 de setembro – Ana Cañas (dois violões)
Dia 13 de setembro – Sergio Britto, voz e piano
Dia 20 de setembro – Autoramas (banda)
Dia 27 de setembro – João Suplicy Trio
Dia 04 de outubro - Fernando Salem
Dia 11 de outubro - bandas Sioux 66 e Mattilha


Apresentações: quintas-feiras, 21h
Ingresso:  R$80,00 (setor 1); R$50,00 (setor 2)*
                                                                             
Duração: 75 minutos
Classificação indicativa: 12 anos

*Valores referentes aos ingressos inteiros na plateia e mezanino. Meia-entrada disponível em todas as sessões de acordo com a legislação.

TEATRO FOLHA

Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: www.teatrofolha.com.br

Vendas por telefone e internet/ Capacidade: 305 lugares / Não aceita cheques / Aceita os cartões de crédito: todos da Mastercard, Redecard, Visa, Visa Electron e Amex / Estudantes e pessoas com 60 anos ou mais têm os descontos legais / Clube Folha 50% desconto / 50% de desconto para funcionários e clientes do Cartão Renner. Horário de funcionamento da bilheteria: quarta e quinta, das 15h às 21h; sexta, das 15h às 21h30; sábado, das 12h às 23h59; e domingo, das 12h às 20h / Acesso para cadeirantes / Ar-condicionado / Estacionamento do Shopping: R$ 14,00 (primeiras duas horas) / Venda de espetáculos para grupos e escolas: (11) 3661-5896, (11) 97628-4993 / Patrocínio do Teatro Folha: Folha de S.Paulo, Owens-llinois,  EMS, Bain & Company, Grupo Pro Security, Previsul, Brasforma, NR Acampamentos, Nova Chevrolet e Andritz.

SOBRE A CONTEÚDO TEATRAL

O grupo empresarial paulista Conteúdo Teatral atua há mais de dezessete anos em duas vertentes: gestão de salas de espaços e produção de espetáculos. Como gestora é responsável pela operação do Teatro Folha, no Shopping Pátio Higienópolis, com direção artística de Isser Korik, programando espetáculos para temporadas em regime de coprodução. No período de atuação a empresa soma mais de 2,5 milhões de espectadores.
Como produtora de espetáculos, viabilizou dezenas de peças, como “Gata Borralheira”, “O Grande Inimigo”, “Os Saltimbancos”, A Pequena Sereia”, Grandes Pequeninos”,  “Branca de Neve e os Sete Anões”, “A Cigarra e a Formiga”, “Cinderela” “Chapeuzinho Vermelho” e “Mogli” para as crianças. Para os adultos foram realizadas, entre outras montagens, “A Minha Primeira Vez”, “Os Sete Gatinhos”, “O Estrangeiro”, “O Dia que Raptaram o Papa”, “Equus” a trilogia “Enquanto Isso...”, “Dez Encontros”, “Jogo Aberto”, “O Empréstimo” e “Que Tal Nós Dois?”, além de projetos de humor – como “Nunca Se Sábado...” e “IMPROVISORAMA” – Festival Nacional de Improvisação Teatral. Em parceria com Moeller e Botelho produziu os Musicais “Um Violinista no Telhado”, “Todos os Musicais de Chico Buarque em 90 Minutos”, “Nine – Um Musical Felliniano” e “Beatles num Céu de Diamantes”.






Curso livre de Flauta Doce na Escola de Música Tom Jobim, em Búzios

16 agosto 2018 |


Programação mês de agosto do Teatro Municipal de Niterói

|


Sarau Poético Musical homenageia Vinícius de Moraes

13 agosto 2018 |


Baseado na vida e obra de Vinícius de Moraes encontro  convida os presentes a conhecer a obra do poeta e músico que  ousou viver sob o signo da paixão. 


Poemas, crônicas  e canções do mestre Vinícius de Moraes fazem parte do sarau interativo organizado pela cantora Dani Mattos. 

A cantora, pesquisadora e regente Dani Mattos  acompanhada do violonista Tito Longo realiza no próximo dia 17 de agosto, das 16h às 18h , o sarau poético musical  “Vinícius, o poeta amador”,  na Augôsto Augusta Cultural, em São Paulo. O espetáculo interativo reúne música, poesia, literatura e tem vagas limitadas.

“De maneira coloquial e próxima, o intuito do espetáculo é dar profundidade à figura desse poeta que foi muito atuante no cenário artístico brasileiro e fazer um apanhado de sua extensa produção, seja como poeta, crítico de cinema, compositor, letrista, cronista”, salienta a pesquisadora, cantora e regente, Dani Mattos. 

Falas de Drummond, Manoel Bandeira, Rubem Braga e também de seus inúmeros parceiros musicais enriquecem o sarau com informações relevantes e bem humoradas à respeito do artista, considerado um dos maiores poetas e compositores da música brasileira.  Algumas canções de Vinícius também serão apresentadas durante o encontro. Entre elas: Pra que chorar, A Felicidade, A vida tem sempre razão, O Poeta Aprendiz e Amei Tanto.

Augôsto Augusta: há 50 anos a experiência cultural 
mais charmosa da Rua Augusta

O evento acontece no espaço Augôsto Augusta Cultural que este ano completa cinquenta anos. Tradição de modernidade em plena rua Augusta, a Augôsto Augusta mantém viva a proposta de ser um espaço aberto para quem ama e se interessa por arte. No espaço funciona livraria, galeria e diversos cursos de arte, música, teatro, cinema, literatura, filosofia e desenhos conduzidos pelos maiores especialistas no assunto.

Sarau poético-musical "Vinícius, o poeta amador", com Dani Mattos e violonista Tito Longo
Data: 17 de agosto, sexta-feira
Horário : das 16h às 18h
Investimento: R$100,00
Livre
30 vagas
Local: Augôsto Augusta Cultural
Endereço:  Rua Augusta, 2161, SP – Fone: (11) 3082 1830 - augosto@uol.com.br
Dani Mattos : http://danimattos.com.br
Augôsto Augusta Culturalhttp://www.augosto.com.br/sobre/

Foto: Jaiel Prado

‘Marcia Peltier Entrevista’ Roberto Madruga na Rádio JB FM

|



O Programa Marcia Peltier Entrevista na rádio JB FM  traz  na semana  entre  13 e 19 de agosto  a conversa com o consultor,professor e escritor Roberto Madruga,que  acaba de lançar seu sétimo livro, “Treinamento e Desenvolvimento com Foco em Educação Corporativa’’.

Ele é consultor e diretor executivo da ConQuist Consultoria e Educação Corporativa.Atua ainda como coach, palestrante e  professor de MBA (FGV-RJ, PUC-RJ e UFRJ).

Roberto Madruga tem Mestrado em Gestão Empresarial, com Pós-graduação nas áreas de Marketing, Educação, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Estratégica e Qualidade, Master em Programação Neurolinguística (PNL), Coach Executivo e Coach de Carreira certificado pela International Association of Coaching Institute (ICI).  


 Durante a conversa com Marcia Peltier, ele explica a proposta do livro,a importância da Educação Corporativa,como ela pode modificar as organizações e ajudar as empresas a enfrentarem períodos de crise e até evitar demissões.
  
 Você não pode perder  Roberto Madruga no Marcia Peltier Entrevista na rádio JB FM  (99.9),em duas edições :de segunda à sexta,pela manhã  às 7h50 e  à noite,às 18h15,dentro do Painel JB.E aos sábados e domingos às 10h e18h.

E a partir de 20/08 você vai poder ouvir a entrevista também no site da JB FM (www.jb.fm). 

Foto: Eliel Rocha


Mais de 450 jovens participam da aula inaugural do Vestibular Solidário

|


Projeto é uma Iniciativa do Coletivo Direito Popular, fundado por estudantes da UFF
O Coletivo Direito Popular realizou, neste fim de semana, a aula inaugural do pré-vestibular Dr. Luiz Gama, 100% gratuito, na Faculdade de Direito da UFF, no Ingá, em Niterói (RJ). 
Fundado por estudantes da Faculdade de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF), participaram da iniciativa mais de 450 jovens. No total, serão oito turmas e as aulas vão até o mês de novembro.
“Uma ótima iniciativa. Por isso, temos que dar mais atenção ao coletivo e trabalhar mais em comunidade para um mundo melhor”, disse a estudante Ana Beatriz, 20. “Uma ideia muito boa porque muitas pessoas não têm condição de frequentar um pré-vestibular”, comentou Tiago Aguiar, 18. “Realmente uma proposta maravilhosa. Pretendo aprender muito para poder usar no dia a dia”, afirmou o aluno Jonatas Santos, 21.
De acordo com Paulo Henrique, um dos fundadores do vestibular solidário, o objetivo é contribuir com a educação de jovens de periferia provenientes da rede pública, por meio de aulas interdisciplinares, que além de preparar os estudantes para a realização da prova do Enem, desenvolvem sua capacidade crítica e de cidadania.
Para o voluntário, professor e advogado, Carlos Alberto Lima de Almeida, é muito bom fazer parte dessa iniciativa. “Me sinto realizado por participar da preparação dos jovens para a universidade”. E, acrescentou “é um momento de falarmos sobre a importância da educação para a transformação da vida das pessoas, e mostrar a construção de uma sociedade solidária em que todos tenham oportunidade de acesso pleno à Educação”.
A previsão do Coletivo Direito Popular é abrir inscrições, no início de 2019, para as próximas turmas. Para saber mais sobre o projeto acesse o link https://www.facebook.com/ColetivoDireitoPopular/.


Parque Atalaia sedia pesquisas da UFRJ

|



Estão em andamento nas dependências do Parque Atalaia, em Macaé, duas pesquisas feitas por dois mestrandos de biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Eles são assessorados por estudantes de biologia do Núcleo em Ecologia e Desenvolvimento Socioambiental de Macaé (Nupem/UFRJ). Numa área preestabelecida, um total de 380 exemplares de espécies de plantas foram coletados. A partir desta segunda-feira (13) o material está sendo levado para laboratório para discernimento científico e catalogação.

Uma das pesquisas, conduzida pela mestranda e bióloga Nathálya Vasconcelos, tem o objetivo de identificar e analisar a composição e a dinâmica da flora. "Queremos fazer uma listagem para conhecermos a flora do Parque Atalaia, uma vez que em Macaé existe carência de trabalhos assim", pontua Nathálya.

Dentre os questionamentos que esse trabalho pretende responder estão: saber quais espécies estão ameaçadas de extinção e quais são endêmicas, ocorrendo apenas na Mata Atlântica. "Estes estudos darão subsídios ao Parque Atalaia para sua melhor conservação",  garante a futura mestre.

Um levantamento inédito
A outra pesquisa, também desenvolvida nessa área ecológica, distante 27 quilômetros do centro de Macaé, trata dos estudos de campo do biólogo e mestrando Willian Marinho. Ele quer identificar a fauna de simulídeos (família simuliidae), uma espécie de mosquitos presente no Parque Atalaia que tem importância médica e veterinária.

- Identificamos quatro espécies. Buscamos avaliar a riqueza, a abundância e a distribuição desses organismos no parque. Em laboratório tentaremos estudar a biologia do desenvolvimento. Queremos ajudar o parque com a catalogação das espécies. Esse levantamento é inédito - assegura Willian.
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif
Fotos: M.Porão



O premiado ator e cineasta Vicentini Gomez estará presente no lançamento do livro “As Gêmeas”, da prestigiada escritora Clotilde Chaparro, no dia 21 de agosto que acontecerá no salão social da Paróquia Nossa Senhora, na QI 3 do Lago Norte (DF).

Clotilde Chaparro é, também, a autora do livro Duzinda  (lançado em 2016) que Vicentini Gomez esta roteirizando com livre adaptação e capitaneando a produção para um filme longa metragem. Duzinda é um drama que aborda o cotidiano da mulher na  sociedade brasileira dos anos 30 do século XX, no interior do Brasil. A história, vivida pelos olhos, corpo e espírito de Duzinda, relata a saga de uma jovem mulher que sonhava com  o  príncipe encantado, chegando no cavalo alado, tal qual  via nas telas do cinema da pequena cidade onde morava no interior de São Paulo. Mas o destino lhe reservara apenas uma vida de submissão, abusos, desprezo, abandono, infortúnios, exploração, humilhação e violência. Certa ocasião, Duzinda dada como morta e sepultada moralmente pela família, renasce tal qual Fênix  para viver uma vida de conquistas e prestígio, transformando-se em uma influente líder do movimento sufragista, alicerçando as conquistas da  mulher independente que vive hoje no século XXI.


O elenco será formado por renomados atores da televisão e do cinema, dando vida, emoção e dinamismo ao filme.

QUEM É VICENTINI GOMEZ

Vem realizando uma obra significativa no cinema Brasileiro que lhe rendeu diversos prêmios. Seus filmes foram classificados em mais de 50 festivais de cinema e vídeo no Brasil e Exterior.

Atuou em mais de 20 telenovelas, alguns destes personagens foram marcantes, como o Serjão, aquele sequestrador atrapalhado em Avenida Brasil, maior sucesso da TV Globo na última década.  O Delegado Cavalcante em Joia Rara, prêmio Emmy de melhor telenovela mundial em 2014 e  o Italiano Giuseppe Cavichioli,  na novela Cúmplices de um Resgate, entre outros.

Com a empresa Palha – Casa de Criação,  realizou 42 produtos entre filmes e séries de TV, como ConsCiência na Cultura, Plaquita, O Baú da História, Juqueriquerê , Porto das Monções, História & Estórias . Séries e filmes que veicularam nas TVs:  Cultura, TV E, TV Escola, TV RATIMBUM, entre outras.

Tem avant-premiére do filme documentário longa metragem “Justiça! Uma história” agendado para 8 de dezembro de 2018 – dia da justiça - no Cine Olido em São Paulo. O filme que conta a história do poder judiciário no Brasil desde a chegada de Pedro Alvares Cabral até a atualidade está inscrito em inúmeros festivais de cinema no Brasil e exterior e tem lançamento nos cinemas em março de 2018.

Fotos: Divulgação

Abertura de Exposições no MAC Niterói

08 agosto 2018 |


No próximo sábado, dia 11 de agosto, o MAC Niterói abre duas novas exposições: “A vida renasce, sempre” de Sonia Gomes e “Brinquedo de furar moletom” de Jaime Lauriano.

A partir das 15h os artistas estarão no Museu para receber e conversar com os convidados.






Exposições: “A vida renasce, sempre”, de Sonia Gomes, e “Brinquedo de furar moletom”, de Jaime Lauriano
Curadoria: Pablo Leon de La Barra e Raphael Fonseca
Abertura: dia 11 de agosto de 2018, sábado, das 10h às 16h (os artistas receberão os convidados no museu a partir das 15h)
Local: MAC Niterói (Mirante da Boa Viagem, s/nº)
Em cartaz: até 25 de novembro de 2018
Visitação: de terça a domingo, das 10h às 18h
Informações: (21) 2620-2400 | mac@macniteroi.com.br | 
facebook.com/macniteroi.oficial